Volta ao índice inicial

 

PROGRAMAÇÃO


J U N H O DE 2018


11 de maio até 14 de julho
exposição


30 de junho
lançamento




J U N H O




11 de maio / 14 de julho 

 

 

 

APAGÃO

GISELE OGERA

Curadoria Cristina Suzuki

 

 

Gisele Ogera, artista visual paulistana que vive e trabalha na cidade de Juiz de Fora (MG) é persistente quando o assunto é LÂMPADA. O processo de dissecamento do objeto passou por colecionar desde modelos recentes até muito antigos (em seu acervo constam lâmpadas usadas em rádio e em iluminação pública), depois desenhou seus filamentos, reproduziu a imagem em gravuras, desmontou, projetou, empilhou, etc. Para sua primeira exposição individual intitulada Apagão, a artista apresenta uma seleção de trabalhos que reconfiguram nosso olhar para observar suas esculturas que além de belas também são inquietantes.

 

 

Gisele Ogera

Artista Plástica, graduada pelo IAD Instituto de Artes e Design da Universidade Federal de Juiz de Fora (MG) em 2009. Realiza trabalho autoral e ministra aulas de desenho.  Realizou curso livre na Escola de Artes Visuais do Parque Laje, Rio de Janeiro, com Efraim Almeida e Marcelo Campos em 2015. Fez acompanhamento de processo artístico no Laboratório de Artes Visuais da Galeria OMA em São Bernardo do Campo, São Paulo, sob orientação de Cristina Suzuki em 2016 e participou do Núcleo de Estudos em Arte Contemporânea da Adelina Galeria, São Paulo com orientação de Julia Lima.

 

Exposições: Primeiro Circuito de Arte Atual Pró-Reitoria de cultura da UFJF Juiz de Fora – 2015.  Participação no projeto “ Duolhodágua com-vida na praça”, como artista convidada, Funalfa, Juiz de Fora – 2016.  Participação no projeto ‘’Anatomia do Contato’’, como artista plástica e cenógrafa. LICRD, Laboratório de Imagem, Criação e Dança. UFRJ, Rio de Janeiro- 2016. Exposição coletiva de processos no Laboratório OMA de Artes Visuais, Galeria OMA, São Bernardo do Campo, São Paulo – 2016. Gabinete Contemporâneo de Curiosidades, Galeria Hiato, Juiz de Fora, 2017. Obra selecionada no 45º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto, Prêmio Aquisição, Santo André, SP – 2017.

 

 

 

SERVIÇO

 

ALPHARRABIO LIVRARIA E EDITORA

Rua Eduardo Monteiro, 151

Santo André – SP

4438-4358

 

Abertura: 11.5.18 às 19h

Visitação: 12.5 a 14.7.18

seg a sex – 13h às 18h30 | sáb – 9h30 às 13h

 




30 de junho 


 

30 de junho (sábado) 11 horas

 

Lançamento do livro

 

ERA UMA VEZ, CONTO OUTRA VEZ

 

de Sueli Gutierrez

 

 

ERA UMA VEZ, CONTO OUTRA VEZ

 

 

Público-alvo: Literatura infantojuvenil

 

Sinopse: Os contos fantásticos mundialmente conhecidos sempre tiveram como protagonistas príncipes, reis, caçadores e heróis. Eles me inspiraram a dar nova roupagem com protagonismo feminino, sem perder a importante relevância do gênero masculino, que se mostra mais afável.

As histórias dão voz às diversas singularidades de perfis. Nesse sentido, tipos brancos, negros, vermelhos, amarelos e mestiços convivem harmoniosamente nas narrativas, promovendo a boa convivência com o diferente.  Os contos se passam no Brasil do século XVIII  e/ou dentro de um cenário da nossa fauna e flora. Homenageio também grandes mulheres conhecidas da classe artística, literária, científica, política e feminista, compondo seus nomes nas personagens. 


Resumo:

São três histórias recontadas à moda brasileira: Cinderela carvoeira, Anita caçaonça e o Belo e a Fera. Na primeira, Joana é filha de mãe negra e pai branco. Um detalhe genético herdado do pai ajuda-a a encontrar seus laços familiares. Na segunda, Anita, neta de índio, aprende os segredos da floresta com o avô. Graças a isso, ela o salva de um animal feroz. A última história é de Amanda. Ela sofre uma maldição provocada pelo Bruxo, mas no final encontra um amor verdadeiro de maneira inusitada.

 

Personalidades femininas homenageadas nestes contos:

 

Joana d’Arc – heroína francesa

Maria Quitéria – Militar brasileira, heroína da guerra da Independência

Frida Kalo – Pintora mexicana

Leonora Carrington  - Romancista, pintora inglesa.

Maryse  Condé – Escritora francesa

Anita Garibaldi - Revolucionária 

 

BIOGRAFIA

 

Sueli Gutierrez, nascida em São Caetano do Sul, São Paulo,  é formada em jornalismo pela Umesp. Após a conclusão do curso, mudou-se para a Espanha, iniciando doutorado na Universidade Complutense de Madrid, Espanha, tendo sido obrigada a abandonar por falta de bolsa do CNPQ. Morou na Espanha e na França por cerca de nove anos e depois em Salvador, Bahia, por 12. De retorno a São Paulo, trabalhou em editora.

Em 1984 lançou o livro de poesias independente “Um Pouco de Mim”, que participou na 8ª Bienal Internacional do Livro. Em 2017 retoma a atividade de escritora, sua paixão. Recém-saído do forno está também o romance “Sob os ventos da França”.

 

SERVIÇO

 

30 de junho (sábado) 11 horas

Lançamento do livro ERA UMA VEZ, CONTO OUTRA VEZ

de Sueli Gutierrez

 

Local:

ALPHARRABIO LIVRARIA E EDITORA

Rua Eduardo Monteiro, 151

Santo André – SP

4438-4358 




 horário de funcionamento

de segunda/sexta, das 13 às 18h30

sábado, das 9h30 às 12h30

 

ATENÇÃO

Nosso endereço:
 Rua Eduardo Monteiro, 151 - Jd. Bela Vista
Santo André - SP - Brasil

Fone: (11) 4438.4358 - e-mail: alpharrabio@alpharrabio.com.br

www.alpharrabio.com.br

 

Visite a Livraria e o Café Alpharrabio

Índice | Livraria | Editora | Centro Cultural | Abecês | Mapa do Site | Envie o seu comentário