Sábado na livraria (primeiro tempo)

Tias1

Após uma tórrida semana, com os termômetros marcando acima dos 30 graus, uma garoazinha deixa Santo André novamente com cara de Santo André e (não sabemos exatamente se por conta desse fato), a livraria ficou o dia inteiro em clima de agitação (a pobre da Eliane se desdobrando para atender prontamente aos pedidos de xícaras fumegantes e tapiocas idem), muitas delas para o grupo “Os tias na chuva” (7 pessoas) que chegou (sem almoço) por volta das 12h00 e só saiu às 19h30 (apenas com um breve intervalo para, por volta das 16h00, quando foram empurrados do “átrio” Jorge Amado, onde se encontravam, para outro lugar da livraria, uma vez que uma outra turma chegava para a palestra sobre Florestan). Lá pelas 13h30, a equipe do Alpha, com fome não saciável por tapioca, foi almoçar, fechou a porta, colocou um cartaz “voltamos já” e deixou o pessoal lá dentro. Acho que nem perceberam, tamanha era a animação. Há mais de ano que o grupo se reúne regularmente no Alpha. Não gosto de bisbilhotar em tudo que acontece por aqui (o espaço é livre e democrático, aberto a quem dele queira se apoderar), mas me agrada muito espiar, assim meio de soslaio, a mesa costumeiramente utilizada por eles coberta de fotos, livros de arte, objetos gráficos, cartazes, enfim, gente interessante que não está preocupada (disseram-me eles, numa de nossas rápidas conversas de intervalo) em pleitear espaços para exposições, tampouco qualquer espécie de verbas, querem discutir a arte, os seus procedimentos e o seu fruir, trocar entre si (im)pressões. A fotógrafa Fátima Roque (com seu jeitão de líder) demonstra ser a mais irrequieta. De sua mochila (Pandora?) vai retirando objetos mágicos e falando de seus procedimentos idem. Meu coração inflado e satisfeito, pensa: então não foi para isso que o Alpha, há quase 15 anos, foi idealizado? Bem hajam!

tias2

About Dalila

Dalila Teles Veras, escritora, proprietária da Alpharrabio Livraria e Editora
This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

One Response to Sábado na livraria (primeiro tempo)

  1. Cristina Pereira says:

    Me emocionei ao descobrir aqui no blog uma página dedicada aOs Tias na Chuva. É bom saber que “parecemos” interessantes e até dignos de sermos espiados e que podemos corresponder à boa energia que recebemos de vocês. Usando um chavão televisivo “Espiem à vontade”, por favor.