Salvador Bahia

Mais de 200 pessoas vieram ao Alpharrabio nesta última sexta-feira, dia 27.10, seguindo as pegadas do Dr. Salvador Bahia, personagem alter ego do escritor Antonio Possidonio Sampaio, presente em muitos de seus livros de ficção e que agora volta à cena como título de livro: Andanças com Salvador Bahia. Aqui, o repórter-autor-personagem registra os passos de Salvador/Possidonio em momentos marcantes deste novo milênio. Até onde o livro pode ser lido como ficção ou como diário? Eis aí uma resposta que os leitores poderão nos fornecer. Mas falemos da festa: não por acaso, o autor/personagem, que foi em busca dos companheiros para comemorar a virada do milênio, foi agora à busca dos amigos para comemorar seu (real) aniversário, transcorrido no dia 29.10, e estes não se fizeram de rogados. Não só vieram como levaram pra casa o belo volume das Edições Alpharrabio, com os não menos belos desenhos de Guedo Gallet e a competência da produção gráfica de Isabela e Luzia Maninha.

Todas as áreas em que militou-milita o Possidonio estiveram representadas. Escritores, jornalistas, personalidades da política e das artes, advogados, sindicalistas, pessoas a quem está ligado por ideais e afinidades eletivas. É sempre um risco nomear, mas arriscamos aqui, listando alguns dos nomes presentes, com as desculpas antecipadas pela omissão, involuntária, de outros:

Valdecirio Teles Veras, Tarso de Melo, Kleber Mantovani, Jean de Oliveira Ferreira, Antonio Fernandes Neto, Guido Fidelis, Wagner Calmon, Irineu Volpato, Gilberto Tadeu de Lima, Cláudio Feldman, Jurema Barreto de Souza, Tônia Ferr, Moreira do Acopiara, Alexandre Takara, Zhô Bertholin, José Armando Pereira da Silva, Hildebrando Pafundi, José Geraldo Neres, Wilma Lima, Margarita lo Russo, escritores. Roberto Sian, Ricardo Amadasi, Célia Barros e Paulo Pacini, Petra Guarinon, Guedo Gallet, Cecília Vertamati, Mara Forato, artistas. Philadelpho Braz e José Duda Costa, memorialistas, José Contreras, ambientalista, Walter Venturini e Celso Horta, jornalistas, José Maida, Paulo Soares, José Silvério Neto, Roque Zerbini, Anita Guazelli, Solange Galuzzi, Manuel Alcides Nogueira, Manoel Marques, Marcos Murilo, Renata Carvalho, Carolina Teles Veras, Ruy Rios Carneiro, Marcela, Aline, Davi, João Domingos, advogados, o Prefeito Municipal de Santo André, João Avamileno e sua esposa Ana, o Deputado Estadual Vanderlei Siraque, o Secretário de Cultura de Santo André, Acylino Bellisomi, Zoilo de Souza Assis, presidente da ACISA, as famílias Zanei, Tavares, Okino, Cida e Janete, colaboradoras do escritório, Gijo, o mestre da gastronomia de São Bernardo, Edmundo Epifanio Dias, o cinéfilo, a profª Terezinha Siraque, preocupada com a difusão da leitura entre os pequeninos, Wellington Sampaio, Antonio Lopes Sampaio (Toninho), Cleber Camargo Vicente, Ricardo Modes, o casal Mára Pezzolo, Valdir Barreros e o filho Danilo, Luiz Henrique Patriota. Bem, esta lista já vai longa e até parece uma coluna social sem o ser, naturalmente. Trata-se, apenas, de um rol de cumplicidades e afetos que o autor, ao longo de seus 75 anos de vida soube cultivar. (dtv)

About Dalila

Dalila Teles Veras, escritora, proprietária da Alpharrabio Livraria e Editora
This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

3 Responses to Salvador Bahia

  1. Olá
    Gostei de ver as fotos, fotos como livros, muitas, muitos , todos juntinhos, em estantes / instantes de conheceres /saberes

    abraços
    Constança

  2. Paulo Chacon says:

    Dalila e Possidônio,
    Recebi um convite carinhosíssimo (como sempre) para comparecer. Fiquei muito feliz e preparei minha alma com alegria para estar aí com vocês (e com todos) nessa celebração tão bonita. Mas a vida (e a morte) são maiores do que nós. Neste mesmo dia minha sogra Linda – que por sinal publicou um livro maravilhosamente editado pela Fabricando Idéias, com projeto gráfico da Isabela e que esteve aí comigo na visita de Zélia Gattai – faleceu.
    Não pude comparecer e lamentei sinceramente. Vou pessoalmente nos próximos dias buscar o meu exemplar e gostaria de encontrar o Possidônio para receber sua dedicatória e cumprimentá-lo. Beijos a vocês, com muito carinho.

  3. Sinceramente não esperava ter meu nome citado entre as diversas celebridades, “a nata da intelectualidade regional” presente neste evento. Foi uma surpresa agradabilíssima.