Altissonâncias

O nosso “artista residente” Hugo Gallet, pintor de méritos reconhecidos e inquestionáveis, mas pouco afeito às artes cibernéticas, nos envia um texto (um tanto quando enigmático, diga-se) para o blog, que veio manuscrito e que passamos a transcrever. Ei-lo:

Altissonâncias

Pais da Pátria,
Varões de Plutarco,
Damas de Éfeso,
Homens de Prol,
Pilares da Sociedade,
Senhoras de Santana,
Mães Amantíssimas,
Suas Excelências,
Vossas Majestades,
Suas Altezas,
Ilustríssimos Presidentes das Repúblicas,
Generalíssimos,
Papas Pios,
Vossas Eminências,
Eminências Pardas,
Respeitabilíssimos Pais de Famílias,
Tremendíssimos Heróis,
Estimados Líderes,
Guias dos Povos,
Profissionais de Reconhecidas Competências,
Membros Eméritos,
Forjadores de Homens,
Defensores das Fés,
Nobilíssimos Senadores,
Ilustres Deputados,
Grandes Executivos,
Prestigiados Comentaristas,
Campeões Mundiais,
Modelos e Atrizes,
Manipuladores de informações,
Guardiões de Lei,
Mantenedores das Ordens,
Famigerados Criminosos,
Domadores de Feras:
o que foi feito do Respeitável Público?

About Dalila

Dalila Teles Veras, escritora, proprietária da Alpharrabio Livraria e Editora
This entry was posted in Colaborações. Bookmark the permalink.

One Response to Altissonâncias

  1. milton mota says:

    Hugo você esqueceu ( ou omitiu ) antes do Respeitável Público?,
    “Detalhista Hugo Gallet” abraço amigo. milton