Sugestões de leitura: Edgar Braga

No Alpharrabio, longe de representar mera mercadoria, o livro é acolhido como presença viva, carregada de história e significados. Assim, para aqueles que moram longe ou os que ainda não encontraram tempo suficiente para uma busca refinada em suas prateleiras, passaremos aqui a sugerir alguns títulos que se encontram à espera de leitura e mudança de ambiente. Lá vão alguns, selecionados a dedo na prateleira de (boa) poesia brasileira, (aqui, ao contrário da maioria das livrarias, que simplesmente a ignora, a poesia tem lugar de honra e destaque).
Foram escolhidos propositalmente nomes “menos óbvios” e, portanto, “menos lidos”, mas nem por isso não merecedores de leitura:

Alberge

Albergue do vento, Edgard Braga, Edição do autor, São Paulo, 1952
Preciosa (raríssima) e fina brochura (apenas 40 páginas) deste poeta que, de acordo com Décio Pignatari “deixou-se varar por todas poesias desde 22, sangria, para expurgar o tempo e o mau tempo do corpo e da alma, médico. (…). Quarto livro do autor. Antes publicara, fora as dezenas de artigos científicos e 3 livros sobre sua área profissional, a medicina, os seguintes títulos: A senha, poema, 1933; Lâmpada sobre o Alqueire, 1946 e Odes, 1951. Preço do volume R$ 45,00 (1 real por página do miolo – que se encontra em perfeitas condições – mais 5 pela capa com desenho do autor – um pouco gasta, mas também, com 67 anos de existência, quem não?)

Desbragada

Se já conhece o autor ou ficou curioso em conhecê-lo, há um outro título, mais recente, reunindo toda sua produção após os 4 títulos citados acima, ou eja, aquilo que de mais radical produziu o Braga:

Desbragada, Edgard Braga, organização de Régis Bonvicino, ed. Max Limonad, 1ª. e única edição, 1984. o valor é um pechincha: R$ 28,00. As páginas não são numeradas (exigência do conteúdo, claro), não contei, mas trata-se de um alentado volume e está em ótimas condições. De quebra textos do organizador, de Haroldo de Campos, de Patrícia Galvão (sim, aquela rebelde, a Pagú) e outros cobras.

About Dalila

Dalila Teles Veras, escritora, proprietária da Alpharrabio Livraria e Editora
This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

3 Responses to Sugestões de leitura: Edgar Braga

  1. rosana chrispim says:

    Excelente idéia, Dalila, agregar mais esta possibilidade, mais esta nuance, mais este viés no blog. Muito bom. Mas alguns desses livros já não deveriam fazer parte da minha estante?

  2. SENHORES,

    ME INTERESSA ADQUIRIR O LIVRO DE EDGAR BRAGA “DESBRAGADA”,ME INFORME SE AINDA HÁ NO ESTOQUE E COMO DEVO PROCEDER PARA FAZER O PAGAMENTO EM DEPÓSITO BANCÁRIO. MIGUEL CARNEIRO (ESCRITOR BAIANO)

  3. Ana Maria Fleury Scheffer says:

    Edgard Braga era meu padrinho, e o tempo que convivemos foi muito bom. Conviver com pessoas inteligentes, espirituosas, nos deixa muitas saudades. Muito bom saber que existem tantas páginas aqui de sua obra.