Alpharrabio 20 anos – O Alpha pelos alphas XII

Alpharrabio – os Alphas – 20 anos
Hélio Neri

Dizer qualquer coisa sobre o Alpharrabio é dizer o que já foi dito, o que disse o Tarso, o que outros também já disseram e, no entanto, ainda não dizer tudo! Mas ainda assim arrisco-me em dizer algumas coisas: cópia da cópia, por minhas próprias palavras! Porque na Alpharrabio tudo é desafio e fascinação e eu aceito esse desafio.
Posso dizer que conheci a Alpharrabio por intermédio de outros “Alphas” e digo ainda: os outros Alphas foram os amigos e poetas Tarso de Melo e o Kleber Mantovani (Duda) para, daí então conhecer vários outros poetas e artistas do Alpharrabio! Eles me ensinaram o caminho para tão logo aprender e nunca mais esquecer. Encontrei ali o que sempre almejei, o que sempre procurei encontrar. Encontrar o inimaginável e o que também queria me encontrar.

alpha20helio
(o alpha Hélio dando “a cara a tapa” nas suas primeiras incursões alpharrabianas, 29.09.2001 – foto Luzia Maninha, acervo ABCs Núcleo Alpharrabio de Referência e Memória)

Minha casa ou, (casa nossa), assim me refiro ao Alpharrabio (com licença poética, claro!), é uma fábrica de sonhos, e foi exatamente neste espaço que realizei meus mais memoráveis sonhos e acredito que também, de certa forma, tenho uma pequena parcela de culpa nesse imenso sonho Alpharrabio: por que em quais circunstâncias poderia uma editora publicar autores inéditos e de pouca visibilidade creditando suas fichas tão somente no crivo de suas próprias convicções, ou trabalhar por tanto tempo com artistas das variadas vertentes? Digo: é ou não é uma fábrica de sonhos, dos meus sonhos, dos nossos, o sonho de todos: ou seja, um delírio coletivo imensurável! Portanto: desde já eternamente agradecido.
Todas as vezes em que apareço por lá, quase sempre, melhor dizendo: quase todas as segundas feiras, dia da folga! Vou apenas para ficar, ficar em espaço tranquilo, cercado por livros, cercado por uma aura indescritível, envolvido por uma atmosfera inebriante e formidável; reconheço no Alpharrabio um outro tempo, o tempo do estar bem, estar confortável, estar comigo mesmo dentre tantas coisas e livros ao mesmo tempo! Ah, isso sem falar no café, seu aroma e tudo o mais que sempre faz a gente jamais esquecer de toda essa ambiência que envolve o Alpharrabio! Portanto, Parabéns Alpharrabio, que seja eterna sua existência para que nossos sonhos se completem e se realizem sempre. Obrigado!

About Dalila

Dalila Teles Veras, escritora, proprietária da Alpharrabio Livraria e Editora
This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>