Poetas do Alpha XV

desiguais
cor, sexo, nexo
modos de ser, de ver
de ouvir, sentir
o siso, o riso
que o provem as digitais.
ideologias, sabedorias
que o digam dos filhos os pais.

ora iguais sempre iguais
sob o mesmo teto
sobre o mesmo chão
da mesma nave-terra
com embarque do mesmo cais.

viagem de rota e rumo
esclarecidos – a prumo
porque temos muito de iguais
como nos justificar excluídos?

Wagner Calmon, à margem (obra coletiva, org. Luzia Maninha, Alpharrabio Edições)

alpha 15 Wagner
imagem: isaferreira, “resilientes”

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>