Album

lambe-lambe digital : leitura2

leitura2

leitura2

Posts with this image:

3 Responses to Anotações de leituras

  1. Constança says:

    Este livro tá aqui em casa e será um dos próximos a ser degustado.

    Gostei da orquidea as minhas também estão floridas

    abraços
    Constança

  2. Marcos says:

    Caríssima Dalila,

    o Alpharrabio já é nossa “Shakespeare and Company”. De fato, quinze anos não são nada. Resistir e avançar, “gritando em meio a selvageria”, como diria Merimée…
    Forte abraço,
    Marcos

  3. Antonio Possidonio Sampaio says:

    Dalila, esta manhã de setembro onze de zero sete, beirando o início da Primavera, ao abrir o site do Alpha nosso querido, alimentado por você. antes de mais nada, gratificou minha alma carente de alimento constantes dos registros: flores, lembranças de viagem, palestras de gente comprometida com a poesia, mistérios envolvendo o livro e as paixões que ele proporcionam, etc. etc. A propósito da palavra sebo (prefiro alfarrábio), me lembrei que na minha época de faculdade no Largo de São Francisco, tive a oportunidade de estudar em sebentas, isto é, apostilas (“sem a responsabilidade da ilustre cátedra”), que reproduziam o que os mestres diziam em classe. Uma herança coimbrã, com certeza, a exemplo do lente, que antigamente liam para os alunos manuais de direito. Na minha época a prática já havia sido abolida, mas o espírito coimbrã continuava. E lá me vou desviando do foco. O que eu desejava mais era te dizer que estou adorando esses registros permeados de poesia, flores e tudo mais que que servem de alimento para mim e o Salvador Bahia, e também pro Altério, Outrossim e Outrassim, que está alertando sobre a necessidade de escrevermos uma obra coletiva sobre o Alpha querido com todos esses ingredientes. Esbarro, pois noto que daqui a pouco tenho que pegar a carona do Valdecirio. Abraços do APS